10.10.13

Não me dou com este tempo....

Em Portugal fui consultar o meu alergologista (não consigo viver sem médicos, está mais que visto) uma vez que no Verão tinha sido detectado que as minhas alergias estavam a começar a provocar-me asma. Iniciou-se um tratamento de um mês e nesta última consulta fui ver como estavam as coisas. Está tudo bem, tratamento a ser continuado e aproveitei, já que também é pneumologista, para me queixar do tempo em França. O Inverno passado andei doente, este Outono já me constipei mal o sol desapareceu e eu quis saber se podia fazer alguma coisa para evitar ficar novamente de cama. Pimbas, vacina da gripe e não te queixes.

Terça-feira era dia de regressar a França. Andava satisfeita pois estavam dias de calor, não tinha tido efeitos secundários à vacina e as minhas alergias andavam sossegadas. Juro que achei que este Outono/Inverno nada me afectaria. Combinámos iniciar viagem pelas 4h da manhã, mas às 2h eu ainda não tinha adormecido e o Jack tinha acordado depois de algumas horas de sono e não conseguia voltar a adormecer. Decidimos arrancar àquela hora e não perder mais tempo. Lembro-me de sair de casa com uma t-shirt e um casaquinho leve em plena noite e não ter sentido frio. Comecei eu a conduzir e trocámos de lugar já na fronteira. Às 8h ou 9h da manhã parámos para um pequeno-almoço e para encher o depósito. E sinceramente não sei qual de nós tremia mais quando nos vimos fora do carro. Estavam 7ºC. Neste momento, são 17h30 e estão 10ºC. A mínima prevista são 6ºC.

Agora dou por mim constipada (claaaaro, que isto de passar de 30ºC para 10ºC só podia dar nisto), a amaldiçoar este tempo francês e a pensar que em vez de trazer gelatina na mala, devia mas era ter trazido um pouco de sol e calor português (só espero que aí comece a chover como se não houvesse amanhã!).

Sem comentários:

Publicar um comentário

Digam-me coisas. :)