12.11.13

Maria Tété reclama do frio (olha a novidade!)

Não haja dúvida que o tempo que por aqui faz é uma das coisas às quais me custa mais habituar. Tenho a sensação que ainda ontem acabou o Inverno (durou tanto tempo o último. Acho que nunca tinha andado 6 meses seguidos de botas) e agora já estou prestes a apanhar com ele em cima. Em ainda tentei convencer-me que não era verdade, que ainda tinha pela frente umas boas semanas de tempo agradável e de sol, mesmo quando começou a chover todos os dias. Mas esta semana com os termómetros a atingirem os 2ºC de temperatura mínima (e 9ºC de máxima, é a loucura!) não vou conseguir manter por muito mais tempo esta ilusão. Ainda assim, sinto-me em negação e continuo a usar t-shirts com um casaquinho de malha e um bom casacão por cima. Claro que assim sinto mais o frio (quem é que está a pedir para ficar doente, quem é?), mas psicologicamente não estou preparada para as camisolas de algodão de manga comprida e os camisolões grossos. É que começando a vesti-los já sei que só daqui a seis meses é que os largarei novamente e isso tira qualquer vontade de os usar. Por casa, os aquecedores já estão ligados (claro), mantendo uma temperatura constante e agradável (sim, na rua até posso sentir o frio, mas em casa já não me agrada tanto a ideia). E com o frio, vêm também os animais. Estava convencida que a primavera me faria ver uma maior quantidade de bichos, mas afinal andaram bem escondidos. No Verão, aproveitaram as culturas para não serem vistos. Agora com os campos já desertos e o frio a instalar-se, javalis, corças, raposas e coelhos devem estar a ver-se obrigados a percorrerem maiores distâncias em busca de alimento. Só isso explica a frequência com que os tenho visto a atravessar as estradas à minha frente (até tremo só de pensar no estrago que vou fazer ao carro se um dia apanhar um sem querer.....).

Sem comentários:

Publicar um comentário

Digam-me coisas. :)