2.6.14

Little Details #8 - O vestido!

Pronto, pronto, já falei dos sapatos, dos brincos e do cabelo e já não há mais nada da noiva que eu possa falar sem ter de ser o vestido (e no fundo é sempre isso que uma pessoa quer ver, não é?). O meu vestido era da Pronovias, branco e comprido, como se quer. Eu sempre disse que não usaria um vestido cai-cai e o meu era cai-cai, sempre disse que não usaria rendas e o meu era rendado, sempre disse que não usaria cauda e o vestido tinha cauda (mas ainda mandei cortar um bocado!), sempre disse que não usaria véu comprido para não ir a arrastar pelo chão e levei um véu comprido, pois claro. Não sei como é que o noivo não fugiu quando me viu e se apercebeu que o vestido não era nada como ele pensava e eu sempre disse que seria. É que isto de se sentir enganado quando ainda está no altar podia ter dado mau resultado. O vestido tinha mais volume na saia do que aquele que eu queria (muito volume por cima de uma pessoa volumosa não dá bom resultado) e foram-lhe tiradas algumas camadas. Por cima levei ainda um bolero de renda que tirei depois na quinta para dançar. O véu que levei era de apenas uma camada, liso, simples e foi escolhido apenas na semana anterior pois eu teimava que não queria um véu comprido e depois já queria comprido mas estava apaixonada por um com uma renda igual à do vestido (que só não usei porque com o bolero ficava com demasiada renda em cima de mim e ameaçava ser confundida com um naperon). As costas fechavam em corset, algo que eu também sempre disse que não gostava e queria mas é a filinha de botões. Mas acreditem, minha gente, que uma pessoa sentindo-se linda num vestido, esquece tudo o que sempre disse. :)

Já tinha ouvido dizer que os vestidos de noiva são pesados e desconfortáveis, mas eu confesso que me senti muito confortável com ele e olhando para estas fotos até sinto um aperto no peito por saber que não o voltarei a usar. Devia haver um dia por ano uma festa onde a malta se voltasse a vestir toda de noiva. Sempre se dava mais uso ao vestido, que não é coisa barata. Ora afaguem-me lá o ego e digam lá se não é bonito?:)






12 comentários:

  1. Ia linda a menina.
    Eu por acaso não tinha qualquer ideia, apenas que não queria véu e essa mantenho :)
    Ah e queria muito um vestido estilo pin-up e afinal ele é bem comprido e de rendas como o teu!

    O mais importante é olhar no espelho e sentir que somos nós :)

    ResponderEliminar
  2. Eu nunca sequer quis este corte de vestido. Não gostava deles. Mas o corte que eu gostava ficava-me tão, mas tão mal, que tive de me render às evidências e perceber que outros estilos me ficariam melhor. :)

    ResponderEliminar
  3. Olá Tété,
    O vestido é lindo lindo!!!!

    Gosto muito do boléro que condiz perfeitamente com o vestido.

    E o bordado prateado do vestido condiz perfeitamente com os brincos e o travessão.

    Uma boa escolha! Uma noiva linda com um vestido lindo.

    Beijinhos
    Nanda

    ResponderEliminar
  4. Nanda,

    Muito obrigado pelos elogios. :) O facto do vestido ter aquele aplique prateado também ajudou muito na escolha dos (poucos) acessórios. E daí o facto do meu plano B em termos de sabrinas serem umas prateadas. :)

    ResponderEliminar
  5. Estavas linda ... em todo os detalhes! Uma noiva maravilhosa. O vestido é mesmo lindo. E a sensação de querer voltar a vesti-lo vai durar ... posso garantir :)

    Beijinhos, MaryC.
    http://www.diariodamaryc.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Acredito! :) Bem, nada me impede de dez em quando o tirar do guarda-fatos e o vestir só para matar saudades. =P

    ResponderEliminar
  7. Eu acho bem que faças isso :) não serás a única também hehehe

    Beijinhos, MaryC.
    http://www.diariodamaryc.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Digam-me coisas. :)