10.8.18

A sério?!

Não sei se isto acontece a mais gente, se é só comigo, se há qualquer coisa em mim que faz as pessoas perderem o bom senso, mas as idas ao supermercado começam a tornar-se cada vez mais caricatas. Começou por ter as funcionárias das caixas a fazerem comentários àquilo que eu estava a comprar: 
- "Mas vai levar mesmo este verniz? Eu acho-o caro." (E...?),
- "Mas eu disse-lhe que outra marca deste produto estava em promoção, porque é que leva esta?" (Porque não gosto daquela que está em promoção, posso?), 
- "Tanta quantidade! Precisa mesmo disto tudo?" (Não, vou pagar e depois mandar ao rio...)
- "Vai levar isto? Eu não gosto." (Mas gosto eu...)
E muitos mais exemplos há, tanto de funcionárias que já me vêem por lá há anos como de outras que devem ter começado a trabalhar há uma semana, e não interessa se sou extremamente seca nas respostas (ou bruta, como me acusa o Jack) porque isso não lhes parece resfriar o entusiasmo.

Hoje, decidi comprar uma gulodice e ao chegar à caixa, era a Mini-Tété que a trazia nas mãos (isto suscita sempre comentários porque assume-se naturalmente que é ela que vai comer e por isso as funcionários começam a perguntar-lhe se gosta, se é bom, até eu explicar que ela não faz ideia porque ainda não come - o que suscita novos comentários. Yep...é a minha vida). Por acaso, desta vez era mesmo para ela e a novidade de hoje é que foi o casal atrás de mim que decidiu lançar o seu palpite, olhando para a Mini-Tété e atirando:
- "Isso não te faz bem, pois não?"
Olhei para eles surpreendida, estaria mesmo um casal com quase idade para serem meus pais, em franca falta de forma, a criticar o que eu estava a comprar para a minha filha? Sim, estavam. Fizeram questão de mo repetir mais duas vezes. 

O Jack pergunta-me porque não lhes pedi eu para se meterem na vida deles. Eu acho que se as pessoas chegam a esta idade com tamanha falta de bom senso, já não serei eu que as educarei. 

Mas digam-me por favor que não é só  a mim que estas coisas acontecem!

1 comentário:

  1. Também não suporto esse tipo de comentários. Acho que, por vezes, as funcionárias fazem-nos como forma de meter conversa mas, a meu ver, são totalmente desnecessários. Eu vou quase diariamente beber café ao mesmo sítio; um dia, decidi comprar um chocolate e veio logo um comentário "Ah hoje vai comer um docinho!". Não gostei nada.

    Patrícia

    ResponderEliminar

Digam-me coisas. :)