25.2.13

Não se faz

Ponto número 1: Estou doente.

Ponto número 2: Perdi 2 kilos em 24 horas e isso nota-se na minha cara que está ainda mais pálida do que o costume.

Ponto número 3: Ando sem forças para nada.

Ponto número 4: Agradecia que os elefantes que andam a tocar bateria na minha cabeça que parassem de tocar só por uma horinha que fosse.

Ponto número 5: Tenho uma prenda para preparar, outras duas para comprar, um trabalho para fazer para a minha mãe e recebi umas ideias giras para melhorar o aspecto do meu currículo, mas no estado em que estou nem me consigo concentrar 2 minutos.

Ponto número 6: Hoje acordei, olhei para o espelho e por momentos achei que estava a ver a rena Rudolfo depois de ter sido picada por uma abelha (tenho o nariz e a boca vermelhos e inchados, às custas da tosse, dos espirros, dos lenços de assoar...Estou linda. Tenho tudo para ganhar o título de Miss Mundo).

Karma: Recebo uma mensagem de voz no telemóvel sobre um currículo que mandei. Mensagem essa da qual percebo pouco ou nada. Entendo que me dão mais informações sobre o trabalho, mas nem sequer as percebo. E claro que entro em stress. E claro que entro ainda mais stress ao pensar que podem querer marcar uma entrevista e eu estou neste estado.

Bem, o rapaz já tem instruções para passar pela farmácia (e sei que podia lá ir, que são só 10 minutos a pé, mas está a nevar, eu já apanhei frio que chegasse, e no estado em que estou não quero andar a assustar as criancinhas que andam na rua). Vou encharcar-me em comprimidos e rebuçados e pós e chás e sopas e mais comprimidos. Se tiver entrevista, posso ir drogadinha até aos ossos mas ao menos parecerei mais com uma pessoa do que com uma rena.

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. As melhoras Tete! E boa sorte, essa mensagem poderá ser uma porta a abrir-se!

    ResponderEliminar
  4. Credo!

    As melhoras e boa sorteeee! :D


    Joana

    ResponderEliminar

Digam-me coisas. :)