21.2.14

E eu ri-me, claro :)

Aquando da escolha das leituras eu não quis nenhuma em que se lesse que a mulher deveria ser submissa ao homem, da mesma forma que não quis a leitura em que se diz que a mulher foi criada a partir de uma costela do homem. No carro, já depois da escolha das leituras, o Jack decide picar-me e começa a dizer: "Não te esqueças que a mulher deve ser submissa e deve ser o amparo do homem!". Já não me lembro do que lhe disse, mas sei que me saiu uma resposta torta graças ao dia cansativo e à falta de paciência que tenho para estas tretas da desigualdade dos sexos. Ele parou com a brincadeira, fechou a cara e ouvi-o murmurar "Para isto mais valia não lhe dar costela nenhuma!".

Sem comentários:

Publicar um comentário

Digam-me coisas. :)