6.10.15

Não stressem a grávida :D

Eu nasci às 42 semanas e cresci a ouvir que as últimas semanas de gravidez da minha mãe foram uma "tortura" com a família sempre a ligar-lhe para saber se eu já tinha decidido vir conhecer o mundo. Trinta e um anos depois estou a tentar que o mesmo não aconteça comigo. Tenho por hábito falar com os meus pais praticamente todos os dias, para que a distância se encurte e para que sintam que estão a acompanhar a minha vida como se eu estivesse em Portugal e a minha gravidez como se eu pudesse visitá-los mais frequentemente. Mas não há uma obrigação para isto e há noites em que não falamos. Numa destas últimas conversas, já na despedida, comentei com a minha mãe que no dia seguinte se calhar não ligaria pois em princípio teríamos um jantar. A resposta foi rápida: "Tudo bem, desde que me mandes uma mensagem a dizer que estás no jantar, não há problema". Oi??? Mandar mensagem? Aaaaa....tenho 31 anos, casada, grávida, a viver fora do país e tenho de mandar mensagem a dizer onde estou, a que propósito?? "Ah, então, para eu saber que está tudo bem e que não estás na maternidade!". Na, na, na, na, na, na, na, mas é que nem pensar. Acreditem que a última coisa que quero é sentir esta pressão e este stress de ter de estar a dar constantemente notícias. Tenho tido uma gravidez calma demais para agora permitir que me deixem assim. Eu sei que a ansiedade é grande, também já estive na posição de estar sempre à espera de notícias e é verdade que a vontade é mandar no mínimo duas mensagens por dia a perguntar "Entããããooo, novidades????", mas não pode ser. Acabei por combinar com os meus pais que quando estiver na maternidade com a certeza de que lá vou ficar hospedada, os aviso (e volto a avisar quando a "piquena" tiver nascido, claro). Até lá, ausência de notícias significa que continuo a fazer a minha vida normalmente. Aos amigos e leitores do blog fica também a combinação: quando já tiver o meu Pequeno Leitão nos braços enviarei mensagem a avisar que o mundo acaba de conhecer a bebé mais linda de sempre, e depois escreverei aqui também. Assim, já sabem, mesmo que não diga grande coisa nos próximos tempos (é que o teclado é novo, e eu ando com tanto sono, e ando preguiçosa, e acabo por me ligar pouco à net...), enquanto não der a novidade é porque não há novidades nenhumas. Até porque todos os médicos concordam que a Pequena Melancia está super bem-instalada e que, por ela, provavelmente só lá para o final do mês é que a conheceremos. :)

Sem comentários:

Publicar um comentário

Digam-me coisas. :)