2.1.21

Metas para 2021

 Li algures que não devemos ter objectivos mas sim metas e que cada ponto deve ser preciso e não algo demasiado geral (por exemplo, em vez de "Ler mais", decidirmos que vamos "Ler 10 livros no mínimo). Tentei respeitar isso ao fazer a minha lista, que agora vos transmito embora nalguns pontos não vá ser um livro aberto e muito específica nos números a atingir para alcançar cada meta. :)

1. Poupar para o Fundo de Emergência

Este ano foi um ano de aprendizagem sobre finanças pessoais e a gestão das mesmas. Sempre fui de "poupar por poupar", sem nenhum objectivo preciso nem valor específico a alcançar. E sempre me dei bem com este sistema. Mas depois de uns anos em que não havia propriamente uma poupança a ser aumentada (porque não trabalhava, por exemplo), depois de alguns debates em blogues, senti necessidade de ir à procura de informação, de que percentagem devemos poupar do nosso salário, o que é o Fundo de Emergência e qual o valor que deve ter. Por isso este ano quero engordar o Fundo de Emergência que tenho para valores mais confortáveis.

2. Perder peso

Tinha de ser, não era? :D Mas este ano tenho um objectivo mais preciso que é alcançar o peso que tinha quando casei. No fim do ano voltamos a falar. :P

3. Tratar de mim.

Já o comecei a fazer este ano de uma forma mais regular mas quero realmente ser disciplinada. Pintar as unhas mais vezes, fazer máscaras de cabelo mais vezes, fazer máscaras de argila mais vezes. Dormir mais horas. Comer melhor. Dançar. Rir. Ler. Pequenos pontos que todos juntos farão um bem imenso por mim e pela minha auto-estima.

4. Arrumar as fotografias no computador.

Oh, que tarefa hércula. Tenho-as desorganadíssimas e isso não é nada meu e causa-me urticária. Este é o ano em que as vou arrumar devidamente em pastinhas bem identificadas. E fazer salvaguardas.

5. Imprimir fotografias e pendurar molduras nas paredes. 

Continuo com as paredes da casa vazias à espera de fotografias. E quadros. Este ano é o ano.

6. Procurar um novo emprego.

É altura de ganhar asas e procurar outras oportunidades. Já o sentia em 2020 mas bom, pandemia e tal, não senti que fosse o momento para arriscar. Não estou desesperada, não estou a querer sair de onde estou à força e cheia de pressa, mas acredito que posso ser mais feliz a fazer outras coisas por isso posso ir procurando.

7. Passar um fim-de-semana fora.

Huuuu, que doida, um fim-de-semana fora. Pois, mas com isto do covid um fim-de-semana já me parece um luxo, nem me arrisco a pedir uns dias mais. Apetece-me pegar no Jack e na Mini-Tété e ir passar um fim-de-semana algures, num hotel com piscina, para sairmos da nossa rotina e irmos conhecer outras coisas.

8. Voltar a desenhar.

Gosto tanto, dá-me tanto prazer e deixei de o fazer há medida que os anos foram passando. No outro dia, o vizinho comentou que a vizinha gosta de desenhar e eu fiquei surpreendida pois não sabia nem nada indicava tal. E depois percebi que eles também não sabem que eu gosto de desenhar simplesmente porque já não o faço. E quero voltar a fazer.

9. Usar mais o robot de cozinha.

Uma pessoa distrai-se e acaba a usá-lo para fazer sopas e massa para pão. Tanto potencial e depois é isto. No outro dia fiz um arroz de pimentos que estava uma maravilha. É para continuar.

10. Destralhar.

Somos uns acumuladores (mais ele do que eu). Ainda há muito trabalhinho pela frente.

11. Avançar com as obras na casa. 

Pois é, ainda não temos a casa acabada e este ano queremos avançar com uma ou outra coisa que nos levará algum tempo e dinheiro. Haja coragem!

12. Este deixo para mim. Em aberto. :)


FELIZ ANO 2021 PARA TODOS!




Sem comentários:

Publicar um comentário

Digam-me coisas. :)